Você está em: Inicial » Curiosidades » Detalhes da Curiosidade

Doença de Peyronie

Por: Admin

07/12/2012 14:25:21

A doença de Peyronie foi descrita por François Gigot de La Peyronie em 1743.

Caracteriza-se pela presença de placas fibróticas ("cicatriz") na túnica albugínea, que envolve os corpos cavernosos, levando a alteração da elasticidade do corpo cavernoso com dor e curvatura anormal na ereção, podendo levar à disfunção erétil (impotência).



Etiologia:
A causa da doença de Peyronie permanece desconhecida, existindo diversas hipóteses como: doenças auto-imunes, doenças metabólicas, doenças fibromatosas e microtraumas do pênis em ereção.

Diagnóstico:
Realizado através da história de dor e/ou curvatura na ereção e pelo exame físico, onde encontramos placa fibrótica palpável, mais freqüente na região dorsal e terço distal do pênis.
O uso de ereção artificial pode ser útil para quantificar a curvatura e orientar o tratamento.

Tratamento:
Os casos iniciais podem apresentar até 50% de estabilização ou cura espontânea, sem o uso de qualquer medicação.

 

Clínico (Medicamentoso): Indicado para casos iniciais, sem alteração da ereção, com objetivo de melhorar a dor e estabilizar ou eliminar a placa fibrótica. Apesar do uso freqüente, os resultados são ruins e falta uma opção verdadeiramente eficiente de tratamento clínico.
As drogas mais utilizadas são:
- Uso oral: vitamina E, potaba, colchicina e tamoxifeno
- Uso Intralesional: corticóides e Interferon alfa

Cirúrgico: Indicado para correção da curvatura peniana, podendo ser realizado com ou sem a ressecção ou incisão da placa fibrótica.
Nos casos de disfunção erétil, realiza-se a correção da curvatura e colocação de prótese peniana no mesmo ato cirúrgico.
Voltar à página anterior Imprimir esta página Indicar esta página

Fone/Fax: 17 3519-3111

Rua Antonio de Godoy, 4473 CEP: 15015-100 - São José do Rio Preto - SP

Todos os direitos reservados © 2017 - Urologia | Eliseu Denadai